Alguns artigos técnicos

O que é a Dirofilariose?

Vet R'in Área Dirofilariose

O que é a Dirofilariose?

Esta doença é causada pelo nemátodo Dirofilaria immitis transmitido pela picada de alguns mosquitos.

 

Após a picada as larvas migram até ao coração onde se alojam e desenvolvem até atingirem a fase adulta.

O Parasita no Cooração

 

Conhecida também pela doença do verme do coração, é uma doença grave que afeta cães e gatos.

Quais são os sinais clínicos mais frequentes?

Os sinais clínicos aparecem vários meses após o cão ter sido picado. Numa fase precoce da doença, o cão demonstra poucos sinais clínicos. Estes vão evoluindo com o tempo, manifestando tosse crónica, diminuição da tolerância ao exercício e perda de peso.

Aparecerá também a dispneia (dificuldade em respirar), a febre, podendo desenvolver-se também ascite (líquido na cavidade abdominal).

 

A função cardíaca fica gravemente afetada, podendo ocorrer tromboses em vários órgãos.

Como se pode diagnosticar a Dirofilariose?

O diagnóstico pode ser feito de duas formas:

  • Através de um esfregaço de sangue, observado ao microscópio, para tentar detetar a presença de microfilárias;
  • Através da recolha de uma amostra de sangue para detetar a presença de antigénios de parasitas adultos. Este teste só deve ser efetuado cerca de 6 a 7 meses após a infeção.


Como se pode tratar a Dirofilariose?

A boa notícia é que a dirofilariose tem tratamento.

Os métodos de tratamento existentes atualmente são prolongados e implicam um acompanhamento frequente e regular por parte do Médico Veterinário.

São geralmente compostos de injeções e medicações orais.

Dirofilariose Vet R'in Área

Culex pipiens – o mosquito que transmite a dirofilariose

 

O tratamento não é livre de efeitos secundários. Estes serão mais frequentes e severos quanto maior for a infestação.

Os efeitos secundários estão muitas vezes associados aos próprios medicamentos e/ou à morte dos parasitas adultos, o que pode levar à formação de tromboses.

Como se pode prevenir a Dirofilariose?

Outra boa notícia é que a dirofilariose tem prevenção! A prevenção pode ser feita com a toma de comprimidos mensais ou através de injeções anuais.

A prevenção deve ser iniciada ainda na fase de cachorro, geralmente no final do plano de vacinação.

O médico-veterinário é sempre o profissional mais qualificado para lhe prestar todos os esclarecimentos e aconselhar quanto à forma de prevenção mais adequada.

A prevenção tem como objetivo a eliminação das formas larvares da dirofilaria transmitidas pelos mosquitos, evitando que estas evoluam para parasitas adultos.

Ou seja, estes tratamentos profiláticos não evitam que os mosquitos piquem nos cães, mas eliminam as larvas que possam ser deixadas no animal.

Portugal, e em particular a região de Setúbal, é uma zona de forte presença da dirofilaria immitis.

A Dirofilariose na Europa

A Dirofilariose na Europa

 

Não arrisque: proteja o seu melhor amigo!

Classifique este item
(0 votos)

Deixe um comentário

Certifique-se que coloca as informações (*) requerido onde indicado. Código HTML não é permitido.

voltar ao topo