Alguns artigos técnicos

O que é a Leishmaniose? Destaque

A Leishmaniose é uma zoonose causada por uma infeção parasitária, transmitida de cão para cão, através da picada de flebótomos infetados (semelhantes a mosquitos).

 

É transmissível ao ser-humano?

Sim, é. Principalmente a crianças e idosos.

Quais são os sintomas?

Os sintomas podem não ser visíveis de imediato. Mantenha-se alerta para sinais como febre, perda de pelo, perda de peso súbito e feridas na pele. Os órgãos internos também são afetados, o que conduz ao aparecimento de anemia, artrite e insuficiência renal grave.

Existe cura?

Não. Os tratamentos hoje conhecidos apenas permitem controlar os sintomas. O tratamento é dispendioso e muitas vezes ineficaz. A Leishmaniose é uma doença potencialmente mortal.

O meu cão corre perigo?

Estima-se que, na Europa, existam cerca de 2,5 milhões de cães infetados com este parasita. A incidência maior regista-se na Europa do Sul com destaque para Portugal. A zona de Setúbal é uma área de grande incidência desta doença.

Como posso proteger o meu cão da Leishmaniose canina?

Uma das formas de proteção é a vacina especifica para prevenir a leishmaniose.

Esta vacina garante uma elevada taxa de eficácia na prevenção desta doença.

Cada caso terá de ser avaliado em consulta pelo médico-veterinário e em função das especificidades do animal (raça, idade, historial clínico) o médico irá propor o método de prevenção mais adequado.

Não deixe de falar com o médico-veterinário.

Ele é o melhor profissional para o ajudar a proteger o seu melhor amigo.

Todos os cães podem ser vacinados?

A maior parte dos cães com mais de 6 meses de idade que não sejam portadores de doenças infeciosas, incluindo a leishmaniose, podem ser vacinados.

Como funciona o programa de vacinação contra a Leishmaniose?

O programa completo de vacinação inclui três injeções iniciais administradas com três semanas de intervalo entre si, a animais com idade superior a 6 meses e que não sejam portadores de doenças infeciosas.

Deverá ser feito um reforço anual da vacina para manter os níveis de resistência imunitária do cão à doença.

Antes de se iniciar a primeira vacina, é necessário proceder à realização de um teste de despiste de Leishmaniose.

A quem e como devo solicitar mais informações?

O médico-veterinário habitual do seu animal é o melhor profissional para o informar sobre todas as questões relacionadas com a prevenção da Leishmaniose.

Não hesite em consultar-nos!

Classifique este item
(2 votos)

Deixe um comentário

Certifique-se que coloca as informações (*) requerido onde indicado. Código HTML não é permitido.

voltar ao topo